10 de janeiro de 2019

Sinteal recebe exposição de paisagens astronômicas

Conhecimento e ciência são sempre valorizados no Sinteal. Na manhã desta quinta-feira (10), a sede do sindicato recebeu a exposição “Paisagens Cósmicas”, realizada pelo Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas. Com imagens de vários fenômenos estudados pela astronomia, a exposição desperta o interesse de visitantes.

Parte a programação das “100 horas de astronomia”, a exposição fica disponível nesta quinta-feira (11), com a presença de astrônomos para dar explicações e tirar dúvidas. Ainda no Sinteal, uma palestra sobre o ensino de astronomia das escolas será ministrada às 16h desta sexta-feira (10), pelo professor Adriano Aubert.

Consuelo Correia, presidenta do Sinteal, destaca a importância de eventos como esse. “Enquanto educadoras, sempre vemos com muito entusiasmo as iniciativas que promovem o conhecimento e trazem a ciência para perto da realidade das pessoas. Temos orgulho de receber as atividades aqui, e convidamos nossa base para prestigiar, com certeza todas sairemos enriquecidas com as informações que estamos recebendo nesses dois dias. Em tempos de obscurantismo, mais do que nunca devemos valorizar o conhecimento científico como instrumento de emancipação humana”.

Durante a abertura, Consuelo saudou as pessoas presentes, tirou dúvidas sobre o trabalho da astronomia e agradeceu a CEAAL pela contribuição através do seu presidente Romualdo Caldas, que iniciou oficialmente as atividades explicando sobre o trabalho realizado em Alagoas por astrônomos amadores e admiradores do tema.

Ele explicou as razões para a realização do evento e trouxe muitas curiosidades sobre as imagens expostas, que causam fascínio visual, mas também tem influência direta na vida de todos os habitantes do planeta. “Todos somos descendentes de astrônomos, que são os antigos agricultores da Mesopotâmia. Eles não tinham nenhuma tecnologia, sempre conseguiram as informações para a sobrevivência observando o céu. Sobre chuva, seca… Acho até que possivelmente a religião veio daí”.

A exposição conquistou admiração de quem estava no local. “É uma coisa que eu não me interessava muito, nunca tive curiosidade de estudar. Mas achei muito interessante. Estarei na observação telescópica e pretendo buscar mais informações sobre o assunto”, disse Ana Paula Almeida, funcionária do Sinteal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *