10 de fevereiro de 2020

Sinteal participa de debate durante Encontro da Juventude do MST

Para fortalecer a luta por justiça social e em defesa do acesso à educação para todos, o Sinteal participou no dia 6 de fevereiro do Encontro da juventude do MST Alagoas, em União dos Palmares.

Consuelo Correia, presidenta do Sinteal, fez uma fala de saudação em nome do Sinteal e permanceu durante o debate. “É um momento muito interessante, de troca de experiências muito valiosa. Nós que somos professoras saímos com a certeza de um crescimento para todos, não apenas a juventude”.

O Sinteal contribuiu com uma análise de conjuntura apresentada pela dirigente Lenilda Lima, trazendo aspectos da realidade do país e do Estado que afetam a vida da classe trabalhadora como um todo.

Debates, oficinas e uma série de atividades culturais integraram a programação que se encerrou neste domingo (09). Os jovens se reuniram para refletir sobre o momento atual e pensar a participação no futuro das lutas pela Reforma Agrária. “Nosso Acampamento é resultado de um processo que envolve toda juventude do MST. Os próximos dias serão momentos de debates e proposições da Juventude Sem Terra para o conjunto do movimento”, explica o membro da direção nacional do MST, José Neto.

Conforme Neto, o Acampamento da Juventude Sem Terra demarca a disposição, a criatividade e rebeldia dos jovens em continuar o processo de luta no campo e cidade. “A Juventude Sem Terra está presente em todos os espaços da nossa organização, nas lutas, nos momentos de formação, na defesa dos nossos territórios. Somos sujeitos fundamentais na construção da Reforma Agrária Popular”, relembra o dirigente.

 

*Com informações e fotos do MST