26 de março de 2020

Sinteal avança na proposta de reajuste salarial na Barra de Santo Antônio

Mesmo num período de restrições, o Sinteal conquista mais uma vitória para os trabalhadores da educação da Barra de Santo Antônio. A direção estadual conseguiu avançar na proposta de reajuste salarial para os trabalhadores da educação do município.

A proposta do município foi de um reajuste parcelado para os/as professores/as de 5% para abril e 5% para novembro. Já os funcionários da educação, serão 5% em abril e 2% em novembro, conquistada após esforços na negociação das condições que haviam sido oferecidas inicialmente para os funcionários/as.

A proposta foi debatida por uma comissão de trabalhadores/as da educação municipal, por meio de reuniões virtuais através de aplicativos de mensagem, a proposta foi discutida amplamente. Vale destacar que, excepcionalmente, a proposta não passou por uma assembleia dos trabalhadores/as da categoria devido a impossibilidade de reunir pessoas por conta das limitações do Coronavírus, somada a necessidade de aprovação antes de 3 de abril, data limite para que as prefeituras concedam um reajuste acima da inflação. Após a deliberação e aprovação da comissão, o sindicato informou a deliberação para prefeitura. Em seguida, o poder executivo já enviou o projeto para votação na câmara municipal de vereadores da Barra de Santo Antônio.

A conquista do sindicato após muita luta, mesmo durante o período de quarentena por conta do Coronavírus, foi grandiosa. “Estamos num momento em que as negociações se tornam ainda mais complicadas pela questão do isolamento. Diante das condições postas, a conquista do sindicato é importantíssima, reafirmando a luta pelos trabalhadores/as da educação”, disse Darcir Acioli, diretora da secretaria de Assuntos Municipais do Sinteal.