23 de fevereiro de 2021

Volta às aulas só com vacina agora também é pauta da AMA

Em mobilização pela segurança dos trabalhadores e trabalhadoras da educação desde o início da pandemia, o Sinteal recebeu com entusiasmo a notícia divulgada em toda a imprensa de que a Associação dos Municípios Alagoanos se posicionou contra a volta às aulas antes que a categoria seja vacinada.

“A preocupação com o acesso à educação e o desenvolvimento de nossas crianças é grande, mas cada experiência feita com aulas presenciais desde o início da pandemia comprova que é muito arriscado. A vida das pessoas é mais importante, e o poder público precisa agilizar vacinação para todos os profissionais da educação antes de jogá-los dentro de uma escola com tanta aglomeração”, ressaltou a presidenta do Sinteal, Consuelo Correia.

A declaração do vice-presidente da AMA é sinal de sensatez por parte do gestor. O Sinteal está na campanha desde o ano passado, e ressalta que se todos os municípios compreendem a importância, a população só tem a ganhar.

A decisão sobre a volta às aulas presenciais ou remotas é tomada diretamente pelos gestores, e por isso tem tanto peso a orientação da associação. O Governo do Estado já anunciou que o ano letivo na rede estadual começa no dia 1º de março, mas as aulas devem permanecer remotas por enquanto.

Na capital, o secretário de educação informou que as aulas recomeçam na segunda quinzena de março, mas também não será presencial. O Sinteal continuará monitorando as condições dadas aos trabalhadores/as e estudantes, e lutando para que seja feito o melhor para todos que fazem a educação pública.