24 de setembro de 2021

Audiência do Sinteal com prefeito de Pão de Açúcar discute pauta de reivindicações das/os trabalhadoras/es em educação


Na manhã da última quinta-feira (23/09), o Núcleo Regional de Pão de Açúcar (representado pela diretora Sitrânia Cardoso), a diretora da Secretaria de Assuntos Municipais do Sinteal (executiva estadual), Josefa Conceição, e duas companheiras trabalhadoras da base (ativos/as e aposentados/as) da educação participaram de uma audiência com o prefeito de Pão de Açúcar, Jorge Dantas (PSDB), que tratou da seguinte pauta de reivindicações: revogação da recomposição salarial; desconto de 14% (que a gestão quer implantar nos proventos dos aposentados e precatórios).

A recomposição salarial foi implantada no último mês de junho e suspensa em agosto, sob a alegação de que a LC 173/20 proíbe essa implantação.

O Sinteal alerta que não é verdadeira essa proibição, sob a suposição de que se trata, verdadeiramente, de falta de vontade política da gestão municipal, que continua insistindo em sua política de desvalorização contra as/os trabalhadoras/es da rede pública municipal de educação.

Quanto à proposta de implantação de um injusto e inconstitucional desconto de 14% (catorze por cento) nos proventos dos/as aposentados/as da educação, a alegação feita pelo prefeito é que a previdência está falida, como se os/as aposentados/as tivessem alguma culpa pelas más administrações do instituto previdenciário municipal. O Sinteal estará atento ao trabalho da Câmara de Vereadores e à movimentação dos/as vereadores/as sobre a matéria, e exigir o diálogo necessário para garantir a derrota qualquer projeto de lei pró-desconto da prefeitura.