27 de novembro de 2021

TeleConferência debate o legado de Paulo Freire na luta da educação e da sociedade brasileira

Seguindo a programação deste primeiro dia do 15º Congresso Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Educação, em Maceió, foi realizada uma TeleConferência que contou a participação da presidenta do Sinteal, Consuelo Correia, e, como convidada especial a professora universitária e prefeita de Juiz de Fora (MG), Margarida Salomão. O tema abordado pela palestrista foi a pedagogia freiriana e a realidade da educação e a importância do legado de Paulo Freire no Brasil atual.

A professora Margarida Salomão elogiou a homenagem feita pelo Sinteal à Paulo Freire, classificando o 15º Congresso como “uma grande oportunidade para a discussão do legado e da luta de Paulo Freire”. Segundo ela, “Freire, em sua pedagogia, nos mostra a educação como único caminho, única condição de emancipação humana, mas a partir do diálogo”.

Ela lembrou que, exatamente quando da época do regime militar, “tenta se combater Paulo Freire com argumentos imbecis, a exemplo do que andou falando este ‘luminar da ignorância’ chamado Eduardo Bolsonaro”. Ele reforçou que, “seja através do impeachment, ou através das urnas, para recuperar este país e resgatar a dignidade do povo, só há um caminho: homenagear Paulo Freire dizendo ‘Fora, Bolsonaro!”.

“Esperançar”

A presidenta do Sinteal, Consuelo Correia, reforçou que o lema escolhido para o 15º Congresso – “esperançar” – não só teve o objetivo de homenagear Paulo Freire, “mas também porque esperançar é se levantar, construir, juntar-se a outros e outras e fazer um novo caminho”.

Atividade Cultural

Após a TeleConferência, o cantor Igbonan Rocha, com um repertório já conhecido do cenário musical alagoano, animou o jantar dançante dos/as delegados/as conferencistas.