16 de dezembro de 2021

Prefeitura de Palmeira não dá respostas sobre FUNDEB e Sinteal vai ao Ministério Público

Em Palmeira dos Índios, o Sinteal e os/as trabalhadores/as da educação seguem cobrando respostas sobre o rateio das sobras do FUNDEB. Na manhã desta quarta-feira (15), foi realizada uma mobilização até Câmara de Vereadores com esta pauta, e foi informado que a gestão municipal tem sido notificada, mas não está respondendo.

“Acionamos o legislativo no dia 6 com uma circular. Hoje fomos cobrar e conversei com a presidenta da Câmara em exercício, Adelaide França. Ela informou que aquela casa notificou a Prefeitura e não obteve resposta. Os vereadores Edson Queiroz e Junior Miranda também enviaram requerimento e nenhum retorno”, explicou o presidente do Sinteal em Palmeira dos Índios, Izael Ribeiro.

Adelaide entregou ofício ao Sinteal, tendo em anexo os cinco requerimentos feitos pela Câmara de Vereadores à Prefeitura, sendo dois tratando do FUNDEB e três sobre os precatórios do FUNDEF.

Também chegou na categoria a informação de que o município não está alimentando o SIOPE com as devidas informações sobre as entradas e saídas dos recursos FUNDEB, gerando preocupação sobre a aplicação da verba. “Depois da nossa pressão o prefeito foi à imprensa dizer que vai ratear, queremos que as contas do Fundeb sejam abertas para sabermos quando e como”, disse Izael.

Diante da situação, os manifestantes deliberaram que na manhã desta quinta-feira (16) uma comissão formada por dirigentes do Sinteal, Conselheiros do Fundeb e base irá protocolar ofício e demais documentos no Ministério Público Estadual.