12 de janeiro de 2022

Sinteal conquista rateio do FUNDEB e outros direitos em Satuba e Belém

Mais dois municípios terão rateio das sobras dos recursos do FUNDEB 2021 para trabalhadores/as da educação. O Sinteal tem cobrado em todos os municípios a transparência sobre as contas do FUNDEB, nos casos em que há sobras está fazendo a luta para garantir que seja repassado à categoria, como é previsto na legislação.

Nesta terça-feira (11), o município de Belém apresentou resposta positiva à reivindicação do sindicato. Foi uma grande vitória da educação. Em reunião com o conselho do CACS e representantes da comissão Sinteal e o vereador e também diretor regional Sinteal José Amorim informou que houve sobras Fundeb no município, e que será repassado aos profissionais da educação em forma de 14⁰ salário e pagamento de 1/5 de férias.

Outra pauta cobrada pelo Sinteal é a recomposição salarial de 4.52% que também será implantada este mês no município de Belém. “Foram meses de conversas e estudos nas verbas do FUNDEB, mas o importante é que os profissionais da educação saem vitoriosos. Juntos somos mais fortes!”, comemora o presidente do núcleo regional do Sinteal Palmeira dos Índios, Izael Ribeiro.

Em Satuba a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei que garante o rateio das sobras do FUNDEB aos trabalhadores/as da educação do município. Essa conquista também foi garantida pela luta do Sinteal na região. Rosiéle Costa, presidenta do núcleo regional do Sinteal Rio Largo, relata. “Ano passado nós procuramos o Prefeito, e ele se comprometeu a pagar, mas essa ano ficou em silencio. Fizemos uma campanha de mídia cobrando e pressionando, e só assim ele encaminhou o Projeto. Sempre que for preciso, estamos fazendo luta. Seguimos trabalhando pelo pagamento em outros municípios da região”.