23 de fevereiro de 2022

Luta da educação conquista reajuste e rateio do FUNDEB e suspende greve em Estrela de Alagoas

Em resposta à luta realizada pelo Sinteal e categoria nas últimas semanas, a Gestão Municipal de Estrela de Alagoas convocou uma reunião na manhã desta terça-feira (22), para anunciar a resposta à pauta de reivindicação. A reunião aconteceu na Secretaria Municipal de Educação. Uma assembleia geral foi realizada no final da tarde e deliberou a suspensão da greve.

De acordo com Izael Ribeiro, presidente do núcleo regional do Sinteal Palmeira dos Índios, a mobilização já mostra resultados, mas ainda há pontos em aberto. “É uma vitória da luta da categoria, finalmente o prefeito resolver avançar, e a categoria reconhece isso suspendendo a greve. Mas continuaremos negociando para que toda a pauta seja atendida”.

Na reunião, com a participação dos diretores de escolas da rede Municipal, alguns profissionais de educação e Sinteal, o prefeito anunciou rateio das sobras residuais do FUNDEB, com pagamento referente a duas folhas salarial para todos os profissionais, recomposição salarial de 11% referente a 2021, e a retomada do pagamento da hora atividade a partir de fevereiro.

O Sinteal realizou uma assembleia no final do dia, de forma online através do aplicativo Google Meet, para levar a proposta à categoria e deliberar. Bastante representativa e aberta a intervenções de todos os participantes, a assembleia contou com um importante e esclarecedor debate.

“Há uma preocupação de todos nós com os recursos do FUNDEB, falta transparência. Acreditamos que o percentual poderia ser maior, nós exigimos e a prefeitura se comprometeu a fazer um estudo técnico sobre as entradas e saídas de 2021, já iniciando a negociação de 2022, para garantir a implantação dos 33,24% em conformidade com o Piso Nacional”, explicou Izael.

Firme na luta, o Sinteal comemora as conquistas, mas garante que seguirá cobrando dos gestores a valorização da categoria.