12 de agosto de 2022

Educadores, estudantes e dirigentes do Sinteal no XVII Encontro Nacional de Educação de Jovens e Adultos, em Santa Catarina

Educadores, estudantes e dirigentes do Sinteal participam do XVII Encontro Nacional de Educação de Jovens e Adultos, realizado em Florianópolis entre os dias 4 e 7 de agosto. Na luta constante por uma educação de qualidade, as diretoras Edna Lopes e Pastora Maria Santos, compuseram a delegação alagoana, juntamente com representantes da UFAL, do Fórum do Campo, da Semed Maceió e de duas estudantes da EJAI, uma da Escola da Nise da Silveira e a outra da Escola Municipal Silvia Celina Nunes Lima. O Sinteal também contribuiu para que as estudantes a participassem do evento.

Com o tema “Educação, trabalho e capitalismo: impactos, lutas e resistência na EJA”, o evento fez uma defesa do direito à vida digna e a educação de todas as pessoas, em um contexto de eleições no país onde precisamos derrotar o projeto de destruição de todos os direitos humanos, em andamento.

Na oportunidade, a plenária final do encontro também aprovou uma moção de apoio ao Sinteal e aos trabalhadores e trabalhadoras da educação da rede municipal de Maceió, em greve desde o dia 11 de julho, reivindicando valorização e condições dignas de trabalho.

“Participar de uma discussão qualificada como essa para conhecer e tratar sobre a situação da EJA  em todo pais é de extrema importância. Como educadora  e representante do movimento sindical na delegação  e no Fórum Alagoano de EJA  nos cabe o papel de contribuir com o debate para a melhoria da educação pública de qualidade  nas redes municipais e estadual de Alagoas”, disse Edna.