20 de fevereiro de 2024

Sinteal participa de reunião com secretária Jó Pereira (Semed Maceió) e cobra soluções urgentes para a situação precária do CMEI Lindolfo Collor de Mello, no Vergel do Lago

Dando continuidade à luta para exigir da Prefeitura de Maceió e da Secretaria Municipal de Educação (Semed) soluções para a precária situação de infraestrutura e insalubridade verificada no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Lindolfo Collor de Mello, no Clima Bom, o Sinteal, representado pelas diretoras Cícera Ferreira (Secretaria de Assuntos Jurídicos) e Rosiéle Costa (Secretaria de Assuntos Municipais), participou, nesta 3ª feira (20), na sede da secretaria, de reunião ampliada com a secretária Jó Pereira. Participaram também da reunião representantes do Conselho Escolar do CMEI e do Conselho Tutelar, da Câmara de Vereadores de Maceió, funcionárias/os da escola e pais de alunos.

As duas dirigentes do Sinteal colocaram para a secretária Jó Pereira a situação vivida na escola – que está com as aulas suspensas -, que foi discutida na reunião ampliada realizada na última 5ª feira (15), com trabalhadoras/es do CMEI, pais de alunos e membros do Conselho Escolar. Na oportunidade foram denunciadas as péssimas condições físicas da escola: falta de climatização e número insuficiente de ventiladores; precariedade do piso nas salas de aulas e no pátio escolar; problema na cisterna, dentre outros.

Saúde de trabalhadoras/es

Uma coordenadora pedagógica relatou para a secretária e para os demais presentes na reunião que a situação de saúde de professores, demais servidores/as e até alunos do CMEI Lindolfo Collor traz preocupação, com casos de pressão alta (que piora nesta onda de forte calor), dor de cabeça e de garganta.

Fala a secretária

Depois de ouvir todos os relatos das dirigentes do Sinteal e dos representantes do Conselho e da Comunidade Escolar quanto à infraestrutura e a situação de insalubridade vivida no CMEI Lindolfo Collor, a secretária municipal de Educação, Jó Pereira informou e também definiu o seguinte, em relação a alguns dos problemas:

– Ventiladores: a Semed já enviou 14 ventiladores para a escola. Diante do pedido de 36 ventiladores feito pela comunidade escolar, a secretária entregará os outros 22 até, no máximo, o mês de abril.

– Climatização: diante da pressão da comunidade escolar e do Sinteal para a climatização da escola, a secretária informou que a Semed irá discutir um projeto de climatização com a Equatorial Energia Alagoas, para ser realizado ainda este ano.

– Piso (salas de aula, pátio e outra dependências): a Semed vai acionar a Secretaria Municipal de Infraestrutura para resolver, segundo a secretária “o mais rápido possível”, o problema do piso. A secretária Jó Pereira disse que até 11 de março próximo vai resolver a situação – e as aulas estarão suspensas até esta data. Obs: caso este prazo não seja cumprido, a comunidade escolar informou que não haverá retorno às aulas.

O Sinteal continuará atento e mobilizado nesta luta para dar as condições necessárias para o funcionamento normal no CMEI Lindolfo Collor de Mello.