2 de abril de 2024

Em Branquinha, Sinteal garante 6% de reajuste e redução dos sábados letivos

A luta do Sinteal por valorização saiu vitoriosa em mais um município alagoano. Em Branquinha, uma assembleia com trabalhadoras e trabalhadores da educação do município, realizada pelo Sinteal no dia 27 de março, aprovou o percentual de 6% de reajuste salarial conquistado na negociação com a gestão.

Lúcia Vieira, presidenta do núcleo regional do Sinteal União dos Palmares, fala sobre a negociação. “Mais uma vez, buscamos as informações sobre os recursos e fomos para a negociação para cobrar o melhor percentual possível para a categoria. A gestão chegou inicialmente com a proposta de 4%, mas não aceitamos, argumentamos e apresentamos dados, aí avançou e chegou a esse valor, e a categoria aprovou na assembleia. Também levamos o debate sobre o trabalho aos sábados, e o calendário foi reformulado”.

Com a reformulação, o ano letivo que teria sábados letivos e seria concluído em novembro, será estendido por mais um mês, e a categoria tem garantida a folga em pelo menos parte dos sábados. “Não foi possível acabar totalmente com os sábados letivos porque as reformas nas escolas atrasaram o início do ano letivo, mas destacamos a importância de manter o descanso e tempo com a família dos trabalhadores”, disse Lúcia.