2 de abril de 2024

Sinteal conquista 35, 48% de reajuste salarial em Murici

Por conta do debate qualificado dos dirigentes do Sinteal, em muitos municípios alagoanos tem sido possível avançar na negociação de forma mais efetiva. Em Murici, acompanhando os dados do Fundeb e o crescimento de matrículas na rede, foi possível garantir uma boa recomposição salarial para trabalhadoras/es da educação do município. Servidores efetivos da rede de ensino terão 35,48%.

“Temos uma realidade diferente em Murici, e nesse momento temos feito a luta com afinco para garantir a valorização. Ano passado foi 25% de reajuste, e esse ano conquistamos mais 35,48%. É uma reconstrução da carreira que a educação merece”, disse Lúcia Vieira, presidenta do núcleo Regional do Sinteal União dos Palmares.

Lúcia explica que a categoria definiu em assembleia que o percentual reivindicado seria 50%, mas aceitou a contraproposta da gestão em assembleia realizada nesta segunda-feira (1).

O Sinteal também encaminhou a discussão sobre o rateio dos precatórios do FUNDEF para os trabalhadores da educação. Na assembleia do dia 1º foram escolhidos os representantes da categoria para fazer parte do grupo de trabalho que irá acompanhar todos os trâmites, desde a listagens dos beneficiários até o pagamento.

Para os profissionais contratados, será implantado o percentual estabelecido pelo piso nacional da educação, de 3,62%.

“Sabemos que estes resultados vem da organização e das lutas que o Sinteal vem desempenhando há anos neste município”, concluiu Lúcia.