Close

Galeria de Imagens

Paralisação Geral: Assembleia unificada lotada define agenda de luta dos servidores públicos de Maceió

Em uma assembleia lotada realizada na sede do Sinteal na manhã desta quarta-feira (6), o Movimento Unificado dos Servidores Municipais de Maceió definiu uma intensa agenda de luta para cobrar do Prefeito JHC a valorização das categorias, que até agora não apresentou proposta de reajuste. Com paralisação geral marcada para o dia 13 de abril, o conjunto de trabalhadores promete que a luta está só começando.

Paralisação Geral: Assembleia unificada lotada define agenda de luta dos servidores públicos de Maceió

Comunidade da Escola Marilúcia Macêdo vai às ruas com o Sinteal para denunciar condições precárias

Sofrendo com a falta de condições de trabalho no prédio, trabalhadoras/es estudantes, mães e pais da Escola Municipal Marilúcia Macedo realizaram um protesto nas ruas do Jacintinho na manhã desta terça-feira (5). A comunidade reforçou a denúncia que vem sendo feita pelo Sinteal desde a semana passada e cobrou uma solução definitiva da prefeitura.

Comunidade da Escola Marilúcia Macêdo vai às ruas com o Sinteal para denunciar condições precárias

Aula de Cidadania Escola Edécio Lopes vai à SEMED

O estacionamento da Secretária Municipal de Educação de Maceió virou sala de aula manhã desta sexta-feira (1). Há 2 anos sem prédio, desde que a escola foi atingida pela Braskem, educadoras, estudantes, mães e pais se mobilizam pelo direito à educação. Junto com o Sinteal, a comunidade realizou uma aula de cidadania, reunindo pela primeira vez em todo esse tempo, as crianças e profissionais da educação.

Sinteal e comunidade da Escola Edécio Lopes realizam aula pública na SEMED e clamam por prédio

Quer acompanhar nossas atividades?

preencha os campos abaixo para receber as nossas últimas notícias